Últimas aplicações no ano do exame TOEFL–ITP na Univasf acontecerão em novembro

A última oportunidade de fazer o exame TOEFL - ITP na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) este ano será no período de 6 a 13 de novembro, no Campus Sede, em Petrolina (PE). Haverá quatro aplicações do exame, cada uma com 45 vagas, direcionadas a discentes e servidores dos campi da Univasf, localizados em Petrolina e Juazeiro (BA). O TOEFL-ITP (Test of English as a Foreign Language) é um teste de proficiência em inglês, que tem como objetivo diagnosticar o nível de conhecimento do idioma.
A prova é gratuita e as inscrições já podem ser feitas pelo site do Programa Idiomas sem Fronteiras (IsF) até três dias antes da realização do teste. As provas ocorrerão no auditório da biblioteca da Univasf, nos dias 6, 7 e 10, às 19h, e no dia 13, às 14h. A data na qual o candidato fará a prova dependerá da data em que se inscrever.
Podem realizar o TOEFL–ITP estudantes de graduação e pós-graduação regularmente matriculados em cursos presenciais e a distância dos campi da Univasf localizados em Petrolina e Juazeiro e servidores com Siape ativo há no mínimo seis meses. No dia da prova, os candidatos precisam chegar com 30 minutos de antecedência para preencher a documentação do teste. Além disso, devem levar lápis, borracha e documento oficial com foto.
Possíveis problemas na inscrição devem ser tratados por meio de chamado no Fale Conosco no site do IsF. Demais dúvidas podem ser sanadas por meio do FAQ do site do programa IsF da Univasf ou através do e-mail isf.univasf@univasf.edu.br.
Ascom Univasf

Reunião do programa Univasf em Ação será realizada no Campus Senhor do Bonfim na segunda-feira (23)


Nesta segunda-feira (23), o Campus Senhor do Bonfim da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) será palco da terceira reunião do programa Univasf em Ação. O encontro acontecerá no auditório do campus, a partir das 17h. Todos os estudantes, docentes e técnico-administrativos em educação estão convidados a participar.
Estarão presentes à reunião o vice-reitor Telio Nobre Leite; a chefe de Gabinete, Edilene Bezerra; o pró-reitor de Assistência Estudantil, Clébio Pereira Ferreira; o assessor de Projetos Institucionais, Leonardo Cavalcanti; o assessor de Infraestrutura, Sérgio Motta; a secretária de Registro e Controle Acadêmico, Yariadner Costa Brito; e o prefeito Universitário, José Edilson dos Santos Júnior.
As reuniões do Univasf em Ação têm o intuito de apresentar à comunidade acadêmica as ações que vêm sendo executadas a partir das propostas que constam no eixo "Meu Campus", do Programa de Gestão Fortalecendo Ações Plurais e Democráticas. Além disso, representam uma oportunidade para que a comunidade acadêmica apresente sugestões e discuta ações que possam ser implementadas para a melhoria das atividades no campus.
Campus Serra da Capivara – Os encontros anteriores aconteceram no Campus Ciências Agrárias (CCA), em Petrolina (PE), em 2 de outubro; e no Campus Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato (PI), onde o reitor Julianeli Tolentino de Lima esteve presente. Esta última ocorreu no dia 9 de outubro, no auditório do Campus Serra da Capivara.
Na ocasião, foram destacadas as ações de urbanização e regularização do campus, entre as quais a aquisição do habite-se do Campus Serra da Capivara, que ocorreu no mês de setembro. O reitor Julianeli Toletino ressaltou a relevância da regularização fundiária. “Essa é uma ação de extrema importância para toda a Univasf e em especial para a comunidade do Campus Serra da Capivara”, disse.
Também foram apresentados os projetos realizados pela Assessoria de Infraestrutura (Infra) para adequação da Residência Estudantil, o que possibilitará a criação de dois novos dormitórios, e de urbanização e iluminação, que prevê estrutura viária e de estacionamento para o campus. A Infra também destacou as adaptações já executadas nos laboratórios e a instalação de mesas e bancos em pré-moldados de concreto nas áreas de convivência ao ar livre e de bancos de madeira, nas áreas cobertas do campus, realizada com apoio da equipe do Departamento de Manutenção (Deman).
O secretário de Tecnologia da Informação, Jonildo Cordeiro, informou que a velocidade de internet do campus passou de 2 Mb para 20 Mb pelo link da RNP. Além disso, houve a renovação de um segundo link para o campus com 20 Mb, totalizando 40 Megabits de velocidade de internet disponíveis para o campus atualmente. Cordeiro também destacou a instalação de dez pontos de acesso de internet Wi-Fi no Campus Serra da Capivara.
Até o final deste ano, haverá reuniões do programa Univasf em Ação em todos os campi da Universidade. O cronograma completo dos próximos encontros está disponível abaixo.

Cronograma do programa Univasf em Ação:

Campus Senhor do Bonfim – 23 de outubro
Campus Juazeiro – 6 de novembro
Campus Sede – 20 de novembro
Campus Paulo Afonso – 11 de dezembro

Ascom Univasf

Preso homem que matou irmã e feriu mãe adotiva


Com mandado de prisão temporária em aberto por assassinar a irmã Edith Gomes da Paz, e tentar matar a sua mãe, ambas adotivas, Anna de Vecchi de Castro Nogueira, em julho de 2016, no bairro da Graça, Boaventura de Oliveira Santos, de 50 anos, foi preso, nesta quinta-feira (19), no Cabula, por policiais da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico). 
“Aurélio” ou “Lelo”, como é conhecido, apresentava-se exaltado e negligente quanto à higiene quando foi encontrado pelos investigadores. A delegada Rosimar Malafaia, da 1ª DH/Atlântico, solicitou à Justiça que o homicida seja encaminhado ao Hospital de Custódia e Tratamento (HCT), pois ele aparenta sofrer de distúrbios mentais.
O crime aconteceu no apartamento onde o homem morava com a mãe e a irmã, na Rua Desembargador Oscar Dantas, na Graça. Edith e Anna foram agredidas brutalmente com uma viga de madeira. A polícia apurou que Boaventura também matou um morador de rua na cidade de Belo Horizonte, onde respondeu pelo crime.

Ascom SSP- BA

Homem suspeito de matar companheira é procurado


O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está à procura do caseiro Orlando de Jesus, de 53 anos, acusado de assassinar com golpes de faca a companheira Maria Lucília Santos de Jesus, 45, na noite de quarta-feira (18), em Pernambués. Orlando teve a prisão temporária decretada pela Justiça. 
Depois de cometer o crime, Orlando foi visto saindo de casa com uma mochila. Ele deixou uma carta na residência do casal, localizada na Rua Nair, relatando à família o que tinha acontecido e pedindo desculpas. Equipes do DHPP estão em diligências desde a noite do homicídio para localizar e prender o caseiro. 
O corpo da mulher foi encontrado pela cunhada embaixo da cama com perfurações nas costas, braços e abdômen. Cinco familiares de Maria e Orlando, casados há 25 anos, já foram ouvidas no DHPP pelo delegado Reinaldo Mangabeira, da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central). 
Todos relataram que Orlando é muito ciumento e, por esse motivo, as brigas entre o casal eram frequentes. Qualquer informação que possa colaborar para sua localização deve ser passada para a polícia através do Disque Denuncia 3235-0000. Não é preciso se identificar.

Ascom SSP- BA

Dois homens são presos por abuso sexual


Policiais da Delegacia Territorial (DT), de Cândido Sales, distante 600 quilômetros de Salvador, cumpriram, na quarta-feira (18), dois mandados de prisão preventiva. Os alvos eram Lourisvaldo José da Silva, de 60 anos, e Mamédio Rodrigues de Oliveira, ambos acusados de abuso sexual contra as próprias filhas.
O primeiro a ser preso foi Lourisvaldo Silva, localizado numa residência no Povoado do Vistoso, na zona rural da cidade, que não empreendeu qualquer reação. Mamédio, por sua vez, foi detido no Povoado de Barra do Furado, também na zona rural, e apresenta uma lista de abusos contra filhas e irmãs, que está sendo investigada.
De acordo com o delegado Render Andrade, titular da DT/Cândido Sales, Mamédio é suspeito de estar abusando de uma filha de 16 anos, que reside com ele. “O Conselho Tutelar da cidade acompanha o caso, uma vez que o histórico dele é ruim”, revelou o delegado, que está à frente das investigações. 
Ele lembrou que o homem já foi indiciado em inquéritos policiais por estuprar uma filha, hoje mais velha, dos nove aos 15 anos, com quem teve um filho. Hoje, com 13 anos de idade, o adolescente apresenta problemas diversos de saúde. 
O delegado disse ainda que, neste ano, Mamédio já foi indiciado por estuprar a própria irmã e que, ao longo das investigações deste caso, descobriu que ele havia cometido o mesmo crime contra outras duas irmãs. Ambas ficaram grávidas e perderam os filhos. Uma durante o parto e a outra quatro meses depois do nascimento da criança.

Ascom SSP- BA

Adolescente que atirou em colegas disse que se inspirou em Columbine e Realengo


Em entrevista coletiva à imprensa na tarde desta sexta-feira (20), o delegado Luís Gonzaga, da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais da Polícia Civil de Goiás, confirmou que um adolescente de 14 anos foi o autor do ataque com arma de fogo ocorrido no fim da manhã de hoje, no Colégio Goyases, localizado no bairro Conjunto Riviera, em Goiânia. Dois estudantes da mesma turma do autor do ataque morreram no local, e quatro ficaram feridos.
O estudante já foi ouvido pela polícia. Segundo o delegado, ele afirmou que foi motivado por bullying e disse que se inspirou nos casos da escola de Columbine (ocorrido em 1999, nos Estados Unidos), e de Realengo (em 2011, no Rio de Janeiro). No depoimento, o estudante narrou que tinha intenção de matar apenas o colega autor do bullying contra ele, mas no momento do ataque, sentiu vontade de fazer mais vítimas.
Os nomes dos jovens envolvidos não foram divulgados para que as famílias sejam preservadas. A arma usada no ataque foi uma pistola que pertencia à mãe do adolescente, que é policial militar. Ele disse que achou a pistola escondida em um móvel da casa. Nem a mãe nem o pai, que também é policial militar, ensinaram o adolescente a atirar.
Ao retirar a arma da mochila para começar o ataque, ele chegou a efetuar um disparo acidental, mas não se feriu. O adolescente foi apreendido em flagrante delito.

Situação das vítimas

De acordo com o diretor técnico do Hospital de Urgências de Goiânia, Ricardo Furtado Mendonça, uma menina de 13 anos está em estado grave na UTI do hospital. Ela foi atingida na mão, pescoço e no tórax. A menina passou por procedimento cirúrgico para drenagem de tórax.
A segunda vítima, também uma adolescente de 13 anos, está consciente e respirando sem aparelhos. Ela teve um pulmão perfurando e passou por cirurgia. A terceira vítima é um menino de 13 anos que está consciente, estável e continua em avaliação. A quarta vítima está no Hospital Acidentados e não teve o boletim médico divulgado.
A Polícia Civil continua com a investigação e deve ouvir os professores e coordenadores da escola.

Samanta do Carmo - Repórter do Radiojornalismo/ Agência Brasil

Jovem dispara tiros, fere e mata colegas em escola de Goiânia

Um estudante, filho de policial militar, fez disparos contra colegas nesta sexta-feira (20) no Colégio Goyases, localizado no bairro Conjunto Riviera, em Goânia.
De acordo com o tenente-coronel Marcelo Granja, da Polícia Militar, os tiros fizeram seis vítimas. Quatro estão feridas e duas morreram no local.
Segundo a imprensa local, o jovem suspeito de ter cometido os disparos era do 8º ano e vinha sofrendo bullying de colegas, o que o teria motivado a usar uma arma que seria do pai para cometer o atentado. As vítimas já foram encaminhadas a unidades de saúde da capital goiana.
O bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais estudantes contra um ou mais colegas.

Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil

Na Lava Jato, Moro condena ex-gerente da Petrobras e lobistas ligados a PMDB

O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, em Curitiba, condenou o ex-gerente da Petrobras Luiz Carlos Moreira a 12 anos de prisão, por três crimes de corrupção passiva e um de lavagem de dinheiro, determinando que ele deve ficar preso enquanto aguarda julgamento de recurso.
Na sentença publicada hoje (20), Moro também determinou a prisão preventiva da dupla de lobistas Jorge Luz e Bruno Luz, ambos apontados pelos investigadores como operadores do PMDB. O primeiro foi condenado a 13 e oito meses por dois crimes de corrupção passiva e seis de lavagem de dinheiro. O outro foi absolvido da corrupção passiva, mas pegou seis anos e oito meses por seis crimes de lavagem.
O processo é decorrente das investigações sobre o pagamento de propina no âmbito da Área Internacional da Petrobras, à época dirigida por Nestor Cerveró. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), os desvios de ao menos US$ 15 milhões foram feitos em contratos do navio-sonda Vitória 1000, firmados entre a Petrobras e Grupo Schahin.
Jorge Luz e Bruno Luz foram presos em fevereiro deste ano, nos Estados Unidos, em decorrência da Operação Blackout, 38ª fase da Lava Jato. O ex-gerente da Petrobras Luiz Carlos Moreira foi preso nesta sexta-feira pela Polícia Federal (PF), no Rio de Janeiro, sendo acusado também de destruir provas.
Além de “boa materialidade de autoria” dos crimes, Moro alegou que parte da quantia desviada ainda não localizada, e que os condenados poderiam voltar a praticar crimes caso obtivessem o benefício de recorrer da condenação em liberdade.
No mesmo processo, foram condenados também: Fernando Schahin, por quatro crimes de lavagem de dinheiro, a nove anos e nove meses de prisão; Demarco Jorge Epifânio, por dois crimes de corrupção passiva, a seis anos e sete meses de prisão; e Agosthilde Monaco de Carvalho, por lavagem de dinheiro, mas sem pena, ante a prescrição do crime, ocorrido em 2007.
O empresário Milton Schahin também foi condenado por quatro crimes de lavagem de dinheiro, mas sua pena ainda deve ser determinada conforme acordo de colaboração premiada assinado por ele com a Justiça, escreveu Moro.

Felipe Pontes Teixeira – Repórter da Agência Brasil

Feira Internacional de Artesanato e Decoração traz a cultura de 11 países e 12 estados brasileiros para Petrolina, PE


Mais de 180 expositores de 11 países, 12 estados brasileiros e a produção diversificada do artesanato do Vale do São Francisco. Já está sendo preparada a 6ª edição da Feincartes – Feira Internacional de Artesanato e Decoração, que vai movimentar o Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, em Petrolina, de 3 a 12 de novembro próximo.
Realizada pela Mathias Feiras e Eventos com apoio da Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Cultura Turismo, e o Sebrae, a Feincartes 2017 vem com muitas novidades e surpresas. Entre as atrações, já foram confirmadas as participações inéditas de países, a exemplo da Gutemala e Indonésia, além do estado de Minas Gerais, que esse ano estará muito bem representado com 11 estandes.
Segundo a coordenadora do evento, Maria Mathias, o público já pode ir se preparando para realizar uma verdadeira viagem pela história e a cultura de inúmeros povos do planeta. “Teremos dois estandes da Turquia, acessórios e produtos de decoração da Africa do Sul, Egito, Equador e Paquistão, além de peças étnicas, esculturas, pinturas e artigos de moda de lugares como Perú, Quênia, Nigéria e Senegal”.
Entre os destaques brasileiros, a coordenadora chama a atenção para os famosos bordados de Ouro Preto – MG. São peças feitas por artesãs da área rural que inclusive já foram mostradas no projeto da Globo, Criança Esperança. ”De Santa Catarina estamos trazendo pela primeira vez a arte moderna em quadros e utilitários e do Rio de Janeiro virão os já consagrados doces com 50 % a menos de açúcar, entre outras novidades”, concluiu.
Durante 10 dias, a 6ª edição da Feincartes também vai oferecer gratuitamente cursos, oficinas de artesanato e apresentações artísticas com talentos regionais.

SERVIÇO:

6ª FEINCARTES Feira Internacional de Artesanato e Decoração

Centro de Convenções Senador Nilo Coelho
Todos os dias das 16h às 22h
Facebok : Feira Feincartes
Intagram:@FeiraFEINCARTES

CLAS Comunicação & Marketing

IF Sertão-PE, Univasf, Uneb e UPE realizam exposição de resultados do ensino e dos projetos de pesquisa, inovação e extensão


As alas de exposições do River Shopping, em Petrolina, e do Juá Garden Shopping, em Juazeiro, ficaram, nesta quinta (19) e sexta-feira (20), repletas de banners informativos sobre as experiências exitosas desenvolvidas pelas quatro instituições públicas locais de ensino técnico e superior. Em diálogo direto com a sociedade, estudantes do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), da Universidade de Pernambuco (UPE) e da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) expuseram os principais resultados do ensino e dos projetos de pesquisa, inovação e extensão. 
Entre os estudantes presentes, estava Bruno Alexandre da Silva, que cursa Licenciatura em Química no campus Petrolina do IF Sertão-PE. Para ele, apresentar os resultados alcançados pelas instituições é fundamental. “Acho importante mostrar porque é como se fosse uma prestação de contas do que a gente faz. Mostrar o quanto o IF impacta a região, formando professores de Química, Física, Computação, Música”, ressaltou. 



Doutoranda em Biotecnologia pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Naiane dos Santos fez questão de ir ao River Shopping falar dos projetos que estão sendo realizados na instituição em que ela fez graduação e mestrado: a Univasf. “Houve um corte de 44% no orçamento da ciência e tecnologia e a gente precisa mostrar que se não tiver investimento nos projetos de pesquisa não tem como crescer e trazer desenvolvimento para as comunidades”, lembrou ela. 
Uma das pessoas que ouviu a exposição de Naiane foi o estudante de Farmácia da Universidade Federal de Sergipe (UFS) Luiz Araújo. De passagem por Petrolina, ele destacou a relevância de partilhar informações sobre a universidade, “porque muita gente não tem noção do que se passa na universidade e esses projetos são bons pra mostrar que a universidade trabalha pra melhorar a vida do povo”. 
A exposição de resultados do ensino e dos projetos de pesquisa, inovação e extensão do IF Sertão-PE, Univasf, Uneb e UPE faz parte das mobilizações em torno do Dia C da Ciência, que terá a quarta-feira da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia deste ano, 25 de outubro, como marco inicial de uma mobilização nacional para a divulgação da ciência brasileira. 
A WebTV Caatinga fez uma edição especial do programa “Univasf Debate”, que revela as áreas mais pesquisadas no Vale do São Francisco e como estão os investimentos e os impactos das pesquisas para a comunidade. Além do programa, a TV Caatinga produziu um vídeo de apresentação das Instituições, que pode ser visualizado aqui


A expectativa é que o Dia C da Ciência passe a ser realizado anualmente, por iniciativa do Colégio de Pró-Reitores de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação das Instituições Federais de Ensino e do Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação (FOPROP). Além de formar recursos humanos qualificados, as universidades, faculdades, institutos e centros de ensino, ciência e tecnologia públicos são responsáveis pela produção de 90% do conhecimento científico brasileiro.

Por Luis Osete / ASCOM

IF Sertão-PE firma acordo de cooperação técnica com instituição da Guiana Francesa


O Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) firmou, nesta quinta-feira (19), acordo de cooperação técnica com o Lycée Polyvalent Melkior et Garré, da Guiana Francesa. Em solenidade realizada no campus Petrolina Zona Rural, as duas instituições reforçaram o interesse na parceria, que tem como principais objetivos a realização de visitas técnicas e intercâmbio de conhecimentos. 
Até o próximo domingo (22), o campus Petrolina Zona Rural acolherá uma delegação guianense, composta por dois professores e dez alunos do Lycée citado, que terão a oportunidade de conhecer sobre a agricultura local, produção animal, vegetal e manejo agroecológico. Para a reitora do IF Sertão-PE, Leopoldina Veras, este é apenas o início de uma parceria, que pretende aproximar ainda mais as duas instituições. “Nós queremos reforçar que é muito importante a vinda de vocês e o quanto vão trazer de conhecimento para nós. Esse intercâmbio é muito bom, mesmo que seja em um período curto, mas que futuramente possa perdurar por um período ainda maior. Esse é um caminho que o IF Sertão-PE tem interesse em fortalecer”, afirmou.


A solenidade contou ainda com as presenças do pró-reitor de Extensão, Ricardo Bitencourt, do assessor de Assuntos Internacionais, Marcos Masutti, da diretora geral do campus Petrolina Zona Rural, Jane Perez, do professor do  Lycée Melkior et Garré, Sebastien Bereau, além de estudantes e servidores. “O objetivo dessa nossa primeira visita é protocolar e pedagógica. Nos interessamos pela agricultura brasileira, em especial pela região do sertão, para ver como uma região que normalmente tem dificuldades perante o clima consegue ter uma agricultura forte, queremos uma visão mais concreta das coisas e conversar com os atores dessa área”, disse o professor Sebastien Bereau.


Após a assinatura do convênio, os visitantes conheceram a estrutura do campo experimental do campus, passando por áreas de práticas agrícolas e de produção animal, concluindo a rota na Escola do Vinho. À noite, participaram de uma programação cultural, com apresentação musical. “Achamos maravilhoso, o acolhimento é fantástico. Estamos muito felizes, porque já no primeiro dia encontramos pessoas com paixão pelo trabalho que fazem”.


A programação com os alunos e professores da Guiana Francesa continua nesta sexta-feira (20), com apresentação sobre manejo de água e práticas agroecológicas e a partir das 14h, roda de conversa sobre “Meio Ambiente e Políticas Públicas”, que será realizada no auditório do campus Petrolina Zona Rural. 

Clique aqui para conferir a programação completa.

Por Ines Guimaraes / ASCOM

Visitação de estudantes de escolas públicas ao campus Petrolina marca início das atividades da Semana de Ciência e Tecnologia


Alunos de diversas escolas estiveram, nesta quarta-feira (18), no campus Petrolina do IF Sertão-PE para conhecerem a estrutura do campus e as atividades de ensino e pesquisa desenvolvidas pelo instituto. Professores e monitores recepcionaram e realizaram experimentos com os discentes, que participaram com perguntas.
Estudantes do Colégio Estadual Hildete Lomanto, do Colégio da Polícia Militar Alfredo Vianna, ambos da cidade de Juazeiro (BA) e da Escola Professor Simão Amorim Durando, de Petrolina (PE), puderam compreender procedimentos realizados dentro dos laboratórios, como o processo de fermentação de vinhos.


A ação faz parte das atividades  da Semana da Ciência e Tecnologia, que terá a próxima quarta-feira (25) como o Dica C da Ciência, data escolhida para impulsionar a divulgação da ciência brasileira e que envolve universidades, faculdades, institutos e centros de ensino, ciência e tecnologia públicos, que já estão nos preparativos para sensibilizar e informar a população sobre os seus feitos .


Para a aluna do 3º ano Colégio Estadual Hildete Lomanto, Sara Rebeca, a visita enriqueceu os conhecimentos adquiridos em sala de aula. “Conhecer os equipamentos e instrumentos utilizados nos procedimentos contribui para que possamos, realmente, compreendermos como as reações químicas ocorrem, além de nos ajudar a identificar áreas de interesse para o vestibular ”, disse.


O professor de física Adolfo Melo, da Escola Professor Simão Amorim Durando, relatou as dificuldades com as quais se depara para realizar aulas práticas. “Nossos alunos encontram-se em uma realidade em que falta estrutura e incentivo para realizarmos experimentos e despertarmos, assim, a vivência prática. Com esta visita, percebemos como a atenção e o estímulo tornam-se maiores, com um experimento simples, como foi a medição de pH”, declarou.

Por Lucas Augusto / ASCOM